You are here
Home > Canadá > O Melhor e o Pior do Canadá – Parte 6

O Melhor e o Pior do Canadá – Parte 6

4° Melhor – Os canadenses tratam bem os outros e sabem respeitar as diferenças


Eu já comentei como os canadenses não se abrem muito facilmente, mas deixando isso de lado, preciso dizer que aqui no Canadá você é geralmente muito bem tratado – isto é, pelo menos pra os meus padrões, talvez em outros países seja ainda melhor.


O Canadá nesse sentido me deixou uma impressão muito boa. O povo aqui é gentil e prestativo, mesmo se você for um completo estranho. Praticamente em qualquer lugar que você vai você é recebido com um sorriso, educação, e gentileza. Às vezes as pessoas na rua até sorriem pra você só de você cruzar o olhar com o delas! Aonde que no Brasil isso acontece? Normalmente o que você recebe de volta, longe de ser um sorriso, é aquela cara de “Qué que tá me olhando??”.


Outra coisa muito boa é que os canadenses estão acostumados a ter estrangeiros por toda parte, muitos dos quais não sabem direito inglês ou francês (Obs: no Canadá inglês, ninguém sabe francês; e no Canadá francês, depende. Não faça como eu que veio pra cá pensando que todos os canadenses falam os dois). Mas o importante é que aqui eles são muito pacientes e tratam bem mesmo se o seu inglês não for afiado.


Mas o que eu mais gosto mesmo é que aqui eles são educados sem serem formais demais. Você tem aqui um ambiente respeitoso mas ao mesmo tempo informal. As pessoas usam trajes casuais e linguagem informal quase em todo lugar, deixando você bem à vontade. Até mesmo pessoas de autoridade, tipo um professor, te tratarão quase como iguais. Em inglês todo mundo é “you”, então aqui no Canadá não tem nem essa coisa de “o senhor”, “a senhora” (Inglaterra são outros 500, hein, apesar de o idioma ser o mesmo). Nesse sentido, o Canadá é até mais informal do que o Brasil, onde muitos professores acham que são Deus (às vezes até sem ter nem um milionésimo da competência Dele)


Por aqui ser uma cultura mais individualista, os canadenses respeitam e muito a privacidade dos outros, assim como o direito de cada um viver a vida do jeito que preferir. Não importa o jeito que você se veste, o quanto pesa, sua orientação sexual, eles entendem que todas as pessoas merecem respeito e aqui é isso que você encontra. Eles não vão dar pitaco em sua vida, ninguém vai lhe botar apelidos se você for assim ou assado, e dificilmente você será discriminado por ser seja lá como for. Isso vale até quando você não está presente; é muito difícil ver canadenses fazendo fofoca ou falando mal dos outros pelas costas.


É realmente a idéia de que as diferenças, e as pessoas em geral, merecem respeito. E pra um país tão multicultural como o Canadá, isso é um bem e tanto.

Mairon Giovani
Cidadão do mundo e viajante independente. Gosta de cultura, risadas, e comida bem feita. Não acha que viajar sozinho seja tão assustador quanto costumam imaginar, e se joga com frequência em novos ambientes. Crê que um país deixa de ser um mero lugar no mapa a partir do momento em que você o conhece e vive experiências com as pessoas de lá.

Deixe uma resposta

Top