You are here
Home > Nova Zelândia > O Lago Tekapo e os Alpes do Sul, na Nova Zelândia

O Lago Tekapo e os Alpes do Sul, na Nova Zelândia

Este é um post bastante visual. Não há como ser diferente, o Lago Tekapo [Tê-ka-pô] é uma das áreas mais cênicas de toda a Nova Zelândia.

A ilha sul da Nova Zelândia com sua cordilheira, os Alpes do Sul, trespassando-a ali em branco, pelos picos cobertos de neve. O Lago Tekapo está mais ou menos ali no meio.

Inserido na cordilheira dos chamados Alpes do Sul, que cortam toda a ilha sul da Nova Zelândia, o Lago Tekapo é uma massa azul de 83km² a uma altitude de 710m. Os Alpes do Sul ultrapassam os 3.000m, com o Monte Cook/Aoraki sendo o pico mais elevado de toda a Nova Zelândia, a 3.724m de altura.

(Aoraki, que no idioma Maori quer dizer algo como “trespassador de nuvens”, já era o nome desse monte quando os ingleses aqui chegaram e em 1770 o batizaram de Monte Cook, em homenagem ao capitão James Cook. Hoje, o monte é referido oficialmente com os dois nomes juntos, como eu pus ali.)

A vista já do ônibus é assim.
O Lago Tekapo visto do vilarejo às suas margens que leva o seu nome, com os Alpes do Sul lá ao longe.

Cheguei num começo de tarde, após sair de manhã de Christchurch. O clima estava friozinho, ar de montanha, temperatura de meado de junho no hemisfério sul com seus 10 graus durante o dia. Ar fresco e muita paz.

O sol raiava tornando aquele azul da água ainda mais azul.

Margens rústicas do Lago Tekapo.
Isso não é Photoshop, é o sol na água do lago.
Esta região dos Alpes do Sul é pitoresca ao extremo.
Parece que você veio aos míticos Campos Elísios.
Às margens do Lago Tekapo, na ilha sul da Nova Zelândia.
Na margem, o azul se transforma gradualmente em cristalino.

Banhar-se, nem pensar. A água do lago é gélida, oriunda de glaciares.

O que há aqui além do próprio lago são bosques de coníferas e uma igreja de pedra, a Igreja do Bom Pastor, construída por britânicos pastores de ovelhas. Ali, o mais notável é a estátua de um cão collie, que pertenceu a um escocês que tinha rebanhos aqui no século XIX.

O cachorro se chamava Friday [Sexta-Feira]. A homenagem é pelo reconhecimento ao papel essencial desses cães no pastoreio de ovelhas.

A Igreja do Bom Pastor, em Tekapo.
O interior.
Estátua do cão Friday, ao entardecer.
O lago visto do interior do bosque de coníferas à sua margem.
Sinta-o de perto.

Você se senta ali na margem do lago e pensar o quanto quiser sobre a vida. Mais que um convite, Tekapo é uma intimação à reflexão.

Não há pôr-do-sol, pois ele desaparece atrás das montanhas muito antes de se pôr. À noite, no entanto, é possível ver a olho nu a Via Láctea, se você se dispuser a acordar às 3 da manhã para ir fazer companhia a Friday à beira do lago.

Eu no dia seguinte já partiria para o meu destino final na Nova Zelândia, a sua cidade mais turística do país, o coração da Ilha Sul: Queenstown. Vejo vocês de lá. 

Mairon Giovani
Cidadão do mundo e viajante independente. Gosta de cultura, risadas, e comida bem feita. Não acha que viajar sozinho seja tão assustador quanto costumam imaginar, e se joga com frequência em novos ambientes. Crê que um país deixa de ser um mero lugar no mapa a partir do momento em que você o conhece e vive experiências com as pessoas de lá.

2 thoughts on “O Lago Tekapo e os Alpes do Sul, na Nova Zelândia

  1. Iiiihhhhh, que maravilha!…. que natureza prodigiosa… espetacular… que lindo manto azul esse do lago ai na NZ!… Que lago divino. coisa de cinema como se diz comumente!… e que harmonia monumental com a cor do céu e a neve/verde das montanhas e colinas; Parece o paraíso. Lindo. Que belas, azuis águas. O branco-azulado da neve, refletindo o céu de anil é um espetáculo à parte, Tambem fascinante o dourado do sol nas nas montanhas nevadas…. lindíssimo!… Uaaauuu. Lindas paisagem. Surreais. Maravilhosa postagem belíssimo passeio, Como sempre o jovem viajante sabe aonde descobrir belezas sequer pensadas que existiam. Parabéns pela escolha do lugar, pelo compartilhar tao gostosa experiencia e por nos mostrar esses belos mares e terra nunca dantes navegados por sua amiga aqui.

  2. Essa foto do collie com o dourado atrás ficou lindíssima, portentosa.
    Efeito maravilhoso da luz do sol na água do mar. Destaque para os patinhos hahah
    Amei a igrejinha do Bom Pastor, lindo o estilo, uma fofura… simples e graciosa.
    Tambem essa vegetação dourada pelo sol está encantadora.. Muito bonita a natureza dessa região, Formidável, Amei

Deixe uma resposta

Top