You are here
Home > Holanda > Delft, linda cidadezinha das mais charmosas da Holanda

Delft, linda cidadezinha das mais charmosas da Holanda

Delft é uma cidade holandesa pouco conhecida fora da Europa, mas das mais bonitas de todo o continente. A 45 minutos de trem desde a capital Amsterdã e a meros 10 minutos da cidade de Haia, Delft é uma séria candidata a cidadezinha mais graciosa da Holanda.

Delft deixa de ser um vilarejo medieval e ganha status de cidade em 1246, mais de meio século antes de Amsterdã. Aqui vivia Guilherme de Orange, o líder do movimento que fez da Holanda um país independente (1581), livre do jugo da coroa espanhola que à época também governava o Sacro-Império Romano Germânico.

Louças azuis e brancas típicas de Delft.

Com o crescimento comercial das expansões marítimas holandesas no século XVII, Delft desenvolve-se mas até hoje conserva um charme de cidade pequena. Tudo aqui se faz a pé. Seu produto de referência são as louças azuis e brancas, com motivos florais, produzidas desde aquela época das navegações — quando os holandeses descobriram a porcelana medieval chinesa e resolveram fazer parecido em maior escala para lucrar no mercado europeu.

Eu vim a Delft um par de vezes e nunca me arrependi. (Em boa companhia então, ela é o entorno perfeito.) Sugiro especialmente os sábados para os que gostam de mais movimento, quando (entre abril e outubro) ocorre a feira de coisas diversas nas ruas e você encontra produtos antigos de toda sorte.

Delft é uma cidade super graciosa e pitoresca.
Canal tranquilo.
Movimento no centro, num sábado de junho.

Você chega à estação de trens, passa pelos canais tranquilos, e logo escuta o burburinho quando você começa a se aproximar das fachadas de tijolinhos do século XVII no miolo da cidade. De longe você avista a torre da igreja principal.

O coração de Delft, como em toda cidade holandesa tradicional, é a praça central do mercado (Grote Markt). Seu amplo espaço, onde se vendiam as mercadorias antigamente, hoje é área de pedestres e mesas de restaurantes. Como não poderia faltar, há uma igreja e também uma prefeitura, esta no estilo renascentista holandês.

O Grote Markt, praça principal de Delft, com sua igreja em estilo gótico.
A igreja Nieuwekerk, inaugurada em 1496, em estilo gótico. Aqui estão enterrados Guilherme de Orange e praticamente toda a sua linhagem, até os monarcas recentes. Embora inaugurada antes da Reforma, ela já há séculos é uma igreja protestante. Sua torre (108m) é a segunda mais alta de toda a Holanda, após a do domo na cidade de Utrecht.
Interior de uma das igrejas adjacentes, também gótica.
Vista da frente da Nieuwekerk para a praça, com a prefeitura ao fundo e, ali à direita, uma estátua de Hugo Groto, um dos teóricos do liberalismo clássico.
Prefeitura de Delft, de 1618, em estilo renascentista holandês.
Praça em Delft com seu casario tradicional e as mesas agradáveis onde tomar algo.

Já se você se pergunta por que aquela igreja tão antiga é chamada de Nieuwekerk (“Nova Igreja”), é porque há outra ainda mais antiga, a Oude Kerk (“Velha Igreja”), de 1246, também em estilo gótico, e onde estão enterrados o pintor Johannes Vermeer (do quadro Moça com Brinco de Pérola) e o pesquisador Antonie van Leeuwenhoek, inventor do microscópio e considerado o “pai da microbiologia”.

A igreja Oude Kerk numa Delft fora do verão, sem sol. A igreja data de 1246, e a sua torre é torta mesmo.
Com aquela torre ao fundo, numa estação mais quente.

O passeio pelos pontos interessantes da Holanda continua.

Mairon Giovani
Cidadão do mundo e viajante independente. Gosta de cultura, risadas, e comida bem feita. Não acha que viajar sozinho seja tão assustador quanto costumam imaginar, e se joga com frequência em novos ambientes. Crê que um país deixa de ser um mero lugar no mapa a partir do momento em que você o conhece e vive experiências com as pessoas de lá.

One thought on “Delft, linda cidadezinha das mais charmosas da Holanda

  1. Linda essa cidadezinha!..estilosa, cheia de gostosas ruelinhas floridas, de mesinhas do lado de fora , de bela praça de monumentos ímpares, belas construções, igrejas e história marcantes da bela e cativante Holanda. Uma fofura, com seus belos canais e sua linda arborização Merece ser apreciada. parabens, jovem viajante. bela experiencia, belo país.

Deixe uma resposta

Top