Trens na Austria 1 02
Austria

Trens na Áustria: Tipos, como reservar e dicas

Os trens na Áustria são o meio por excelência de se deslocar pelo país. A ÖBB (Österreichische Bundesbahnen) é a companhia pública federal que realiza praticamente todos os percursos, e ela funciona bem. Vocês verão que, aqui na Europa, em todos os países as pessoas reclamam do serviço de trens, mas tendo já passado por vários, posso lhes dizer que — apesar de algumas limitações — este austríaco funciona muito bem.

Há algumas particularidades a conhecer, mas logo você se habitua. No geral, é um serviço simples, confortável, e que pode ser bem barato se você reservar suas passagens de longa distância com antecipação.

Abaixo eu mostro um pouco destes trens e, mais importante, explico como reservar passagens por conta própria e algumas particularidades do sistema daqui.

Trens na Austria 1 08
Wien Hauptbahnhof, ou Estação Central de Viena. Foi inaugurada apenas recentemente, em 2012. Eu me recordo de vir aqui antes, com as várias estações menores espalhadas pela cidade, e a coisa ficou bem mais centralizada depois dela. (Só tenha em conta que ela não fica no miolo da cidade, mas requer um metrô para chegar ao centro histórico. Detalhes de Viena no meu post lá.)
Trens na Austria 1 10
A estação central de Viena, bastante moderna e ampla.
Trens na Austria 1 11
… não deixe de visitar a praça de alimentação daqui, com várias opções de comida indiana, tailandesa e mais. Refeição por menos de 10 euros. É das minhas estações preferidas na Europa.

Os trens na Áustria

Há diversos tipos específicos de trem aqui na Áustria, mas a principal diferença a ter em conta é entre os trens regionais e os de longa distância. Isto porque os regionais você não precisa reservar — eles nunca esgotam, e o preço é fixo, bastando portanto você comprar no próprio dia da viagem. 

Há o regional pinga-pinga, que para em todas as estações (abreviados REG ou RE) e os regionais expresso (REX), que são um pouco mais rápidos — mas também se enquadram no tipo que dispensa reserva antecipada.

Já com os trens de longa distância, os preços quintuplicam se você deixar pra comprar em cima da hora. VienaSalzburgo, ou VienaBudapeste, pode sair por €19,90 ou €89,90 ou mais, a depender de quando você compre. O mesmo trem, o mesmo assento.

Você pode comprar as passagens com até 6 meses de antecipação pelo site, então se sua viagem à Áustria já estiver prevista com antecedência, vale a pena se antecipar também na compra destas passagens internas e economizar.

Os trens de longa distância são o InterCity (IC) e, principalmente, os RailJet (RJ) e RailJet Express (RJX). Este último é o mais rápido de todos, que faz Viena – Salzburgo em pouco mais de 2h, e sem paradas intermediárias.

Trens na Austria 1 04
Os trens austríacos são praticamente todos assim. Nas cores vermelho e branco da bandeira do país, quase toda a frota está modernizada. Com climatização etc.
Trens na Austria 1 05
Os interiores variam, sendo que os assentos de primeira classe tendem a ter cara de poltrona do vovô, de couro, mas no geral estamos falando de arranjos sempre assim — de assentos 2 x 2, às vezes uns de frente pros outros e com mesinha no meio para acomodar famílias ou grupos.
Trens na Austria 1 03
Os trens de curta distância às vezes são assim. Este é um S-Bahn, que faz as vezes de um trem metropolitano — mas os quais aqui no mundo germânico podem cobrir largas distâncias, de até mais de 1h de viagem, embora em geral parando com frequência. Não é necessário reservar antecipadamente.

Algumas perguntas-chave

Deixem-me esclarecer algumas coisas antes de passar às reservas.

Tem banheiro?

Tem, e são geralmente bons, com papel higiênico e pia funcionando. Nos regionais, a coisa pode ficar meio fétida no fim do dia, mas homens terão pouco problema. Nos de longa distância, a coisa costuma ser bem limpa. 

Tem wi-fi?

Nos de longa distância, sim. Nos regionais, não.

Tem espaço para bagagem?

Tem, mas a sua vida fica mais fácil se você não vier com aqueles malões imensos. Há espaço amplo para acomodar bagagens na “prateleira” acima dos assentos, mas isso significa que você precisa conseguir suspender a bagagem, e volumes muito largos não cabem ali. (Mochilões ficam bem, mas malas de grande porte, não.)

Por vezes, há espaço dedicado às bagagens maiores em certas partes dos compartimentos em trens de longa distância, mas a depender da época eles podem encher rápido. (Até porque muita gente acaba pondo volumes menores ali e tomando o espaço.)

Minha recomendação é que, se você vier com malas grandes, tente ser dos primeiros a entrar no trem, para garantir ou um desses espaços para malas ou um assento que lhe permita tê-la ao chão sem grandes problemas.

Trens na Austria 1 06
Viajante num trem da ÖBB.

Como reservas suas passagens

“É tudo muito simples”, gostava de dizer o meu professor de anatomia na universidade. (Lá nem sempre era, mas aqui é.)

O site oficial da companhia ferroviária austríaca é www.oebb.at. Os germânicos às vezes substituem aquele trema do Ö por um E na frente, e ÖBB vira OEBB, que segue um pouco a pronúncia. (Você os verá escreverem Müller como Mueller em certos lugares.)

Ele pode não ser assim um site cinco estrelas, mas depois que você se habitua com onde estão os botões, tudo fica fácil. Lá no canto superior direito você pode substituir a língua alemã por inglês e começar a buscar tickets.

Você verá que o site lhe dá tanto a opção Search Connections quanto o Book Ticket. Eu acho o primeiro meio inútil — você pode pesquisar horários e reservar o que lhe apetecer pelo Book Ticket sem problemas. Não se preocupe que ninguém vai lhe cobrar nada antes que você ponha seus dados de cartão de crédito.

Trens na Austria 1 12
Página inicial do site oficial da companhia ferroviária austríaca.

Lá buscando você verá as passagens mais baratas marcadas como Sparschiene ticket (bilhete econômico), e elas podem realmente ser muito em conta se você reservar meses antes.  

Confirme, junte várias passagens na cesta de compras (se você já estiver assim garantido da sua familiaridade com o site), e depois é pagar com cartão de crédito. Não há mistério.

Só note que, aqui na Áustria, apenas os trens de longa distância dão a opção de  reservar assento. Você geralmente paga um pequeno valor a mais (€3-4) por isso.

Vale a pena? Depende, da rota e do período. Se for sexta-feira à tarde, por exemplo, ou às vésperas do Natal, reserve ou correrá risco de viajar em pé. Se não for uma rota principal (ex. Viena – Salzburgo, Viena – Budapeste) ou não for um dia suspeito, experimente ir sem assento reservado e sentar-se em qualquer lugar.

Depende também da sua necessidade de economizar versus o risco de ter dificuldade pra encontrar onde sentar. Em trens cheios, você facilmente verá jovens sentados no chão ou de pé pelos corredores.

Voltemos às reservas…

Trens na Austria 1 01
Plataforma de trens na Áustria.

Após efetuar a compra online, você receberá um e-mail de confirmação. Mas aí entra uma particularidade: ao contrário do habitual em outros países, aqui você não já recebe o PDF para imprimir, o que chega é um link para você clicar e então acessar o PDF online.

Ou, como alternativa, você pode solicitar e obter um código de retirada (pick-up code) para retirar suas passagens impressas gratuitamente em qualquer maquineta da ÖBB em alguma estação da Áustria. Eu, francamente, recomendo esta opção se você não puder imprimir em casa ou não quiser ficar cheio de papel na mão.  

Há um aplicativo da ÖBB que, naturalmente, permitir também comprar passagens pelo celular. Super prático, e as passagens ficam armazenadas lá. Mas, até o presente momento, se você adquirir as passagens por outra via, ainda não há como descarregá-las e tê-las no aplicativo. A ter em conta.

Máquina de venda de bilhetes de trens na Áustria
Estas são as maquinetas da ÖBB que você encontra em todas as estações da Áustria. Há diversos idiomas a escolher, e seu uso não é complicado. Recomendo comprar suas passagens de trem regionais nelas (bem mais rápido que ir a um guichê), e aqui você pode também retirar as suas passagens compradas pela internet usando o código solicitado no e-mail que eles enviam. (Eles só enviam esse código se você solicitar retirar as passagens desta forma, em vez de imprimir em casa. Não é como passagem de avião que vem automaticamente um código de reserva na hora da compra.)

Uma outra opção para Viena – Salzburgo

Meu Deus, os preços já estão altos e eu não comprei minhas passagens!”

Nada tema. É sempre melhor aqui comprar passagens de longa distância com antecedência, mas se por acaso não der e os preços da ÖBB já estiverem muito altos, para a rota entre Viena e Salzburgo (passado por todas as cidades pelo caminho, como Linz) você pode optar também pela WestBahn, uma empresa privada — bem mais modesta, que realiza apenas este percurso, mas que por vezes oferece preços menores.

Trens na Austria 1 07
A estação de trem de Graz, a segunda maior cidade da Áustria. Há bastantes destinos austríacos que você pode checar em detalhes aqui no site visitando a página da Áustria.

Algumas particularidades e dicas preciosas

Olhe não só o número, mas também a letra onde embarca na plataforma.

Os germânicos são organizados, meticulosos, e portanto em quase todas as plataformas de grandes estações há um desenhinho do trem indicando onde exatamente — em que ponto da plataforma — cada vagão vai estar quando o trem chegar. (Preciso dizer que nem sempre eles acertam, mas ajuda a orientar.)

Não é mero esmero. É também que, no caso de trens sem reserva de assento, ele às vezes se divide ao meio. Num dado ponto do trajeto, a metade da frente vai para um lado, e a metade de trás vai para outro ou se detém ali naquela estação e não vai adiante.

Portanto olhe a letra da plataforma onde embarca, especialmente em trens sem assento e vagão reservados. Como dito, as letras (geralmente de A a F) indicam o ponto na plataforma onde você deve entrar para ir àquele destino. Por via das dúvidas, olhe também dentro do trem o que indica o painel eletrônico. (Eu já passei pela situação de entrar errado e, numa parada no meio do caminho antes do desmembramento do trem, sair e correr para entrar de novo num vagão à frente.)

Trens na Austria 1 02
Vede, por exemplo, que esta é a plataforma 10A. Mais adiante vira B, C, e assim vai.

Remova do preço da passagem o transporte público local, se não o quiser

Outra particularidade dos trens na Áustria e na Alemanha é que o preço da passagem de trem costuma já incluir o transporte público local nas cidades de partida e de chegada.

Isso é ótimo, por exemplo, caso você esteja viajando entre Viena e Munique, e precise tomar o metrô em cada uma das cidades entre a estação e sua acomodação, por exemplo.

Porém, é um gasto completamente desnecessário — e que você desavisadamente pagará embutido no preço se bobear — caso não precise usar o transporte público. Ou se já está com um bilhete de metrô em mãos e não precisa pagar de novo por ele.

Portanto, na hora da compra (basicamente nas maquinetas, para os trens regionais), veja a opção de descontar esse preço e economizar uns 2-3 euros por pessoa. Ou, se quiser manter, certifique-se de não comprar outra passagem de metrô, pois seu bilhete de trem já o inclui. Basta mostrá-lo ao fiscal caso lhe seja cobrado. (Viena funciona na base da confiança. Não há verificação de passagem, exceto ocasionalmente quando os fiscais aparecem. Se pegarem a pessoa sem passagem alguma, é multa.)

Se você já estiver na estação central de Viena (Wien Hbf), por exemplo, custa 1,90 euro para ir de trem ao aeroporto se você remover a passagem local. Caso contrário, paga €4,30. Veja a diferença.


Boas viagens! Tendo ficado alguma, é só escrever abaixo nos comentários.

Mairon Giovani
Cidadão do mundo e viajante independente. Gosta de cultura, risadas, e comida bem feita. Não acha que viajar sozinho seja tão assustador quanto costumam imaginar, e se joga com frequência em novos ambientes. Crê que um país deixa de ser um mero lugar no mapa a partir do momento em que você o conhece e vive experiências com as pessoas de lá.

One Reply to “Trens na Áustria: Tipos, como reservar e dicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *