You are here
Home > Quirguistão

Quirguistão: Dicas de viagem, aonde ir, e o que fazer

O Quirguistão, apelidado de Suíça da Ásia, é o principal destino da Ásia Central em termos de trilhas, montanhas, lagos e natureza. Os jovens europeus têm vindo aqui cada vez mais, assim como turistas de outras partes do mundo.  Abaixo, o balanço da minha breve visita aqui, com algumas dicas e sugestões a quem cogita vir. O que mais gostou. Que os quirguizes sejam tão descolados, de bom humor, comunicativos, abertos. Lembram os mongóis e os cazaques. Visita obrigatória. O Parque Nacional Ala Archa, fácil passeio bate-e-volta de um dia a partir da capital Bishkek. O que não gostou. Os preços

Issyk-Kul: Lago e montanhas no interior do Quirguistão

O lago Issyk-Kul é a atração mais badalada do Quirguistão. Não somente entre turistas, mas entre os quirguizes também. São 180 Km de comprimento e 60 Km de largura. O lago é imenso, e funciona como uma riviera para os quentes dias de verão. Os quirguizes sobem pra cá (pois o lago é elevado, a 1.600m de altitude) nos fins de semana como os brasileiros descem para o litoral. Como ele é levemente salgado, o lago é tipo uma praia. (Cof cof). Pela salinidade, a água nunca congela no inverno, daí o nome Issyk-Kul, "lago quente" nas línguas túrquicas. Esse lago

A milenar Torre Burana (Quirguistão) e uma brevíssima História da Ásia Central

Não é todo dia que você se depara com um monumento de antes do ano 1000. Mesmo no Velho Mundo, fora dos principais centros urbanos da Antiguidade como Egito, Grécia e Irã (Pérsia), isso não é coisa corriqueira. Na Ásia Central, o Uzbequistão e as coisas da antiga Rota da Seda têm caído nas graças dos turistas, mas a maioria é dos idos de 1400-1600 d.C. (Chegaremos lá.) Antes disso, estas estepes asiáticas já eram cavalgadas por turcos e mongóis há muitos séculos. Como os mongóis devastaram muita coisa nas campanhas militares de Gêngis Khan e seus sucessores durante o século

A Garganta do Ala Archa (Ala Archa Gorge) nas montanhas do Quirguistão

A Garganta do Ala Archa (Ala Archa Gorge em inglês) é a atração mais visitada pelos turistas estrangeiros no Quirguistão. Estamos numa área de esplêndida beleza natural, entre as montanhas próximas à capital Bishkek, a meros 40min de carro. Antes que pensem alguma estranheza sobre a garganta "desse tal Ala Archa", trata-se de um rio com esse nome que passa fino num vale entre as montanhas. Eis então porque "garganta". É possível pernoitar no Parque Nacional Ala Archa, mas também dá uma excelente trilha bate-e-volta de um dia na natureza. Abaixo o roteiro, os custos, e minha experiência. É perfeitamente possível fazer um

O Quirguistão, “a Suíça da Ásia”, e sua capital Bishkek

O Quirguistão é por vezes apelidado de "a Suíça da Ásia Central", por suas montanhas, lagos e picos nevados que se veem desde as cidades. É um lugar cada vez mais procurado por trilheiros europeus e outros turistas. Visto livre para brasileiros. PRÓLOGO: A IMIGRAÇÃO Desembarquei numa manhã de sol no Aeroporto Internacional de Manas, na capital quirguiz Bishkek. Como não há tubos, você caminha pela pista do aeroporto até entrar no saguão de chegadas. Ao contrário do que dizem sites pela internet (inclusive alguns oficiais), brasileiros NÃO precisam de visto para visitar o Quirguistão por até 60 dias como turistas. Ouvi

Top