Togoville 1 01
Togo

Visita a Togoville, Lago Togo, e à casa dos escravos em Agbodrafo

O gótico e seus vitrais misturam-se aos homens de cor aqui em Togoville, vilarejo histórico desta terra que já se chamou Togoland, na África Ocidental. Hoje, ela atende exclusivamente por Togo, nome que quer dizer “detrás das colinas”. A internet abunda com outros significados (“terra de lagunas”, “atrás do rio”, “lugar do lago”, mas “detrás […]

Tlaquepaque 1 01
Jalisco México

Tlaquepaque, bairro colonial e histórico em Guadalajara

Bem-vindos a este povoamento que já se chamou Tlaquepaque, depois virou San Pedro, daí retornou a ser Tlaquepaque, e hoje oficialmente é San Pedro Tlaquepaque. Nada como a conciliação. Trata-se de uma antiga cidade deste estado mexicano de Jalisco (Nova Galícia nos tempos de colônia) que com o tempo acabou sendo absorvida pela capital estadual, […]

Copan 1 01b
Honduras

Honduras, a República das Bananas original: Indo a Copán e seu Parque de Aves

Estas aves são sobreviventes, como o povo, de uma terra arrasada. Poucos países nas Américas são tão mal-vistos quanto Honduras. Não completamente sem razão, embora seja um olhar parcial do país. No miolo da América Central, este país é assolado por instabilidade social e política desde que os primeiros espanhóis pisaram aqui no século XVI. […]

Hoi An 1 01
Vietnã

Hoi An, Vietnã: Cidade histórica no antigo Reino de Champa

(Este será um post longo.) Hoi An talvez seja a mais pitoresca das cidades do Vietnã. Suas ruas estreitas, antigas, de casas amarelas e vendedores em bicicletas com seus chapéus redondos, hoje acompanhados por motos. Lampiões asiáticos vermelhos e seculares mansões históricas. Não é à toa que a cidade é Patrimônio Mundial da Humanidade reconhecido […]

Dushanbe 1 01
Tajiquistão

Conhecendo o Tajiquistão: A cultura, o povo e sua capital Dushanbe

Bem vindos ao Tajiquistão, um dos países menos conhecidos e menos visitados do mundo. É o país mais precário dentre todas as ex-repúblicas soviéticas, e o 4º mais pobre de toda a Ásia (mais rico apenas que Afeganistão, Iêmen e Nepal). Depois de muito circular pela Ásia Central visitando países de línguas túrquicas (Cazaquistão, Quirguistão, […]

Thessaloniki 1 01
Grécia

Thessaloniki (Salônica): Encruzilhada eterna na Grécia balcânica de hoje

Estamos na segunda maior cidade da Grécia, depois de Atenas. Longe das ilhas gregas, Thessaloniki — traduzida como Tessalônica ou somente Salônica em português — talvez seja mais conhecida dos brasileiros por menções bíblicas que através do turismo. Ou talvez por ser a terra de origem dos Abravanel, família de Silvio Santos. Não é de […]

Cluj 1 01
Romênia

Entre a Transilvânia de ontem e hoje na sua capital histórica, Cluj-Napoca (Romênia)

Eis ali no seu cavalo, diante da Catedral de São Miguel Arcanjo, o rei húngaro Matthias Corvinus (1443-1490). Estamos hoje, todavia, na Romênia, numa das cidades de nome mais curioso aonde já fui, Cluj-Napoca — lê-se como se escreve. Cluj, como é mais comumente chamada, foi a capital do Grande Principado da Transilvânia, uma entidade sob […]

Katmandu 4 01
Nepal

Vales e terraços de arroz nos Himalaias: Uma caminhada nos arredores rurais de Katmandu, Nepal

As pessoas imaginam os Himalaias sempre como aquelas montanhas altíssimas, de mais de 8.000m de altura e picos nevados. No entanto, esquecem que antes de chegarmos àquelas elevações há grandes áreas de vales verdes, cultivados com terraços de arroz ou chá, onde as pessoas vivem. Foi algo que eu quis conferir aqui no Nepal, nos […]

Jornada Erevan Tbilisi 1 01
Armênia

Jornada de van de Erevan (Armênia) a Tbilisi (Geórgia)

Esse cavaleiro aí que você desconhece é David de Sassoun, ou como os armênios o chamam, Sasuntsi Davit, o lendário herói armênio que — segundo os contos populares — teria liderado a resistência contra os invasores árabes no século VIII. (É praticamente o El Cid da Armênia.) Coisa antiga, passada de geração em geração, e finalmente publicada […]

Naadam 1 01
Mongólia

Naadam: Festival nacional e “Olimpíadas” da Mongólia

Todo ano, os mongóis se reúnem para celebrar a sua nação em grande estilo.  Esqueça as paradas militares e essas coisas já batidas. Na Mongólia, a celebração se dá com festejos musicais, comilanças, e competições esportivas tradicionais (arco-e-flecha, corridas a cavalo, luta-livre, e outros jogos seculares dos mongóis). O Festival Naadam, como os mongóis o […]